O seu browser está desatualizado!

Actualize o seu browser para uma correta visualização deste website.

Chrome

GOOGLE CHROME


DOWNLOAD



Firefox

MOZILLA FIREFOX


DOWNLOAD



IE

INTERNET EXPLORER


DOWNLOAD



Opera

OPERA


DOWNLOAD



Close

Notícias

Conheça as mais recentes novidades do nosso Software ERP

Voltar   Todas as Notícias

Comunicação do Inventário de Existências à AT - Portugal

a 15-12-2014

 

A CentralGest irá disponibilizar brevemente a solução que visa facilitar a comunicação das quantidades do inventário de existências com referência a 31 de dezembro de cada ano.

Com aprovação do Orçamento de Estado para 2015, foi aditado ao Decreto-Lei n.º 198/2012, de 24 de agosto (alterado pela Lei n.º 66-B/2012, de 31 de dezembro, e pelo Decreto-Lei n.º 71/2013, de 30 de maio) o artigo 3.º A que prevê a obrigatoriedade de comunicação dos inventários de existências à Autoridade Tributária e Aduaneira.

Com objetivo de minimizar o impato nas empresas do cumprimento desta obrigação legal, a CentralGest desenvolveu uma nova solução que será disponibilizada no decorrer do mês de dezembro.

A nova ferramenta vai permitir a criação do ficheiro “.xml” de acordo com as especificações técnicas exigidas pela Inventário de Existências à Autoridade Tributária e Aduaneira. Além disto, a CentralGest permite ainda a exportação do inventário de existências com o formato “. csv” (excel).

Quem está obrigado a comunicar os dados dos inventários à AT?

Esta nova obrigação legal aplica-se às “pessoas singulares ou coletivas que tenham sede, estabelecimento estável ou domicílio fiscal em território português, que disponham de contabilidade organizada e estejam obrigadas à elaboração de inventário”.

Qual o prazo para a comunicação eletrónica dos dados de inventários à AT?

Para as pessoas que adoptem o exercício normal de tributação, a comunicação à AT é obrigatoriamente efetuada até ao dia 31 de janeiro de cada, por transmissão eletrónica de dados e o inventário terá como referência o dia 31 de dezembro do exercício imediatamente anterior”. Assim, as entidades terão de comunicar pela primeira vez e até 31 de janeiro de 2015, o inventário de existências que disponham à data de 31 de dezembro de 2014.

Quem está dispensado de comunicar eletronicamente os inventários às AT?

Ficam dispensadas da obrigação de comunicação eletrónica de dados à AT as pessoas singulares ou coletivas cujo volume de negócios do exercício anterior ao da referida comunicação não exceda 100.000 Euros. Assim sendo, em 2015 ficam dispensadas as pessoas que não ultrapassem o valor referido no exercício de 2014.

 

Informações úteis da AT sobre a Comunicação Eletrónica de Inventários:

Portal das Finanças

 

Partilhar

Inscreva-se na nossa newsletter e mantenha-se atualizado acerca das novidades do CentralGest ERP e das alterações às leis em vigor!

Increver na Newsletter